PIA PNG Logo Large

Private Internet Access (PIA) Análise 2020

Última modificação: 25 June 2020
Destaques
  • Foco em privacidade e segurança
  • Preços competitivos
  • Servidores rápidos e estáveis
8.5

Nossa nota

  • Velocidade
    8.5
  • Segurança
    9.5
  • Facilidade de uso
    7.5
  • Servidores
    8.5

Análise do PIA (Private Internet Access) (2020) – Segurança e preço baixo

O Private Internet Access (mais conhecido pela abreviação PIA) é um dos maiores provedores de VPN do mercado no momento. Uma de suas maiores vantagens é o foco em privacidade. Eles têm uma política de não manter registros, tornando o PIA bastante popular entre usuários de (bit)torrent. O Private Internet Access também é conhecido pelos seus aplicativos e programas minimalistas e compactos. Alguns usuários consideram esta característica uma vantagem, enquanto outros podem ficar um pouco decepcionados.

Nós testamos esse serviço de VPN e verificamos as velocidades de conexão, a segurança, privacidade, facilidade de uso, rede de servidores e recursos extras do PIA. Esses são os resultados que obtivemos.

O PIA foi adquirido recentemente pela Kape Technologies. Esta empresa também adquiriu outros provedores de VPN, como o CyberGhost e o Zenmate, nos últimos anos. Isso pode significar mudanças ao serviço nos próximos anos. No entanto, é difícil prever exatamente o que acontecerá. Estaremos observando e analisando se estas possíveis mudanças terão qualquer efeito na segurança e privacidade de seus usuários.

Especificações PIA
  • Conexões simultâneas: 10
  • Torrents:
  • Netflix:
  • Sistemas operacionais: Windows, Mac, iOS, Android, Linux
  • Protocolos: OpenVPN, L2TP/IPsec, PPTP
  • Política de logs (registros de uso): Nenhum registro
  • Servidores: Mais de 3300 em 30 países
  • Preço: A partir de U$ 2,85 por mês
  • Garantia de reembolso: 7 dias

Velocidade – O PIA é rápido?

A velocidade de uma conexão VPN depende de muitos fatores diferentes. Alguns fatores importantes são a velocidade da sua conexão, a distância entre a sua conexão e o servidor de VPN e a velocidade e localização do servidor com o qual você está trocando dados, como o servidor da web, servidor de torrent ou servidor de newsgroups (grupo de notícias) ao qual você deseja se conectar. E, claro, o ping (tempo de resposta) e a estabilidade da conexão também são muito importantes.

Para termos uma ideia da velocidade do Private Internet Access, fizemos vários testes de velocidade. Também levamos em consideração a nossa experiência utilizando o PIA, assim como a navegação comum diária. Você encontrará os resultados abaixo.

Resultados dos testes de velocidade do PIA

Aqui você pode ver os resultados de alguns dos testes de velocidade que fizemos utiliznado o Private Internet Access. Observe que essas medições sempre variam de acordo com a localização, operadora de internet e horário. Por isso, também incluímos um teste de velocidade da nossa conexão sem a VPN para usar como referência.

Velocidade da internet sem VPN (speedtest.net):

Speedtest PIA without VPN

Esses são os resultados do teste com a nossa conexão de internet sem o uso de VPN no speedtest.net. Essa é uma medição inicial que será usada como referência para comparar com outros resultados.

Velocidade com um servidor local (speedtest.net):

Speedtest PIA VPN local

Esses são os resultados do speedtest.net após conectarmos a um servidor do PIA próximo à nossa localização. Os resultados são promissores. O ping aumentou um pouco, de 4 para 7, mas as velocidades de download e upload quase não baixaram. Neste caso, é improvável que você note alguma alteração na velocidade da internet com a VPN.

Velocidade com um servidor dos Estados Unidos (speedtest.net):

Speedtest PIA VPN USA

Esses são os resultados no speedtest.net da nossa conexão de internet usando um servidor do PIA nos EUA. Ele mostra uma situação totalmente diferente. O ping aumentou bastante e as velocidades de download e upload baixaram significativamente. Em outras palavras, qualquer pessoa notaria a diferença com resultados como este.

No entanto, esse resultado não é nenhuma surpresa para um servidor de VPN nos EUA, considerando que o tráfego de internet precisou ser roteado em outro continente. Isso quase sempre torna sua conexão lenta.

Velocidades durante o uso diário

O PIA é um serviço de VPN muito adequado para o uso diário. Nós não percebemos praticamente nenhuma diferença comparado à velocidade da nossa conexão sem VPN.

Conseguimos navegar, assistir streaming de música e vídeos e usar o YouTube, sem qualquer problema de carregamento.

Também conseguimos assistir a Netflix americana com um servidor dos EUA. Foi necessário um pouco mais de tempo para carregar os episódios, mas o player rodou os vídeos sem problemas depois disso.

Conseguimos jogar online sem nenhum lag e também conseguimos baixar torrents muito rápido: um arquivo de quase 2 GB em 15 minutos. No geral, você praticamente não notará que a sua conexão de VPN do PIA está ativa ao usá-la no dia a dia—uma ótima vantagem para qualquer VPN.

Velocidades do PIA: conclusão

  • Os resultados dos testes de velocidade foram variados, com alguns bons resultados para os servidores locais e resultados inferiores para os servidores dos EUA
  • Durante o uso diário, as velocidades de internet quase não se alteraram durante a navegação, streaming e downloads

Segurança – O PIA é seguro?

VPNs têm tudo a ver com segurança e anonimato. Um bom provedor de VPN precisa cuidar dos seus dados e garantir que nenhum deles caia nas mãos erradas. Ele também precisa proteger a sua privacidade e lhe oferecer a possibilidade de manter o seu anonimato ao usar o serviço.

O PIA coloca a segurança e privacidade em primeiro lugar, e por isso, eles são excelentes nesses pontos. A empresa só usa os protocolos mais fortes, mantém uma política de não manter registros e pedem o mínimo possível de informações pessoais. Nesta seção, vamos nos aprofundar um pouco mais nesses aspectos do Private Internet Access.

Protocolos

Quando o assunto é segurança e criptografia, o Private Internet Access sabe muito bem o que está fazendo. Eles trabalham com vários protocolos (OpenVPN, PPTP, IPSec/L2TP) e também oferecem um proxy SOCKS5. A maioria dos usuários escolherá usar o OpenVPN, por ser um protocolo muito forte. Você quer mais velocidade e não se preocupa tanto com a criptografia de dados? Sem problemas! PIA permite que você use um dos outros protocolos do seu software. Para saber mais sobre protocolos, confira nosso artigo que compara todos os diferentes protocolos disponíveis no mercado.

Política registros e privacidade

O Private Internet Access é conhecido pelo seu foco na privacidade por vários motivos. O PIA mantém uma política rígida contra registros de uso. Isso cria uma experiência mais segura e anônima para os usuários do PIA, o que é mais importante para o provedor que a conveniência de ter as informações pessoais dos seus clientes. Sendo assim, os dados nunca são armazenados em discos rígidos, mas em um dispositivo especial nulo. Este dispositivo é virtual e finge automaticamente que os dados recebidos e enviados não existem. Depois de gravar as informações no dispositivo nulo, os dados se tornam impossíveis de acessar. É assim que o PIA garante sua política de não manter registros.

Como o PIA não grava nenhum dado, eles também não podem repassar essas informações caso recebam uma intimação da justiça. A empresa age assim propositalmente, já que estão baseados nos Estados Unidos. Os EUA é um dos únicos países do mundo que não tem uma política de retenção de dados obrigatória. Isso significa que o PIA não é obrigado a armazenar informações por um período específico de tempo, como costuma acontecer na Europa.

No entanto, por estar baseada nos EUA, é possível que eles sejam obrigados a registrar a atividade de um usuário e ajudar a identificá-lo depois de receber uma ordem judicial. Em muitos julgamentos e investigações, o PIA provou não ter nenhuma informação sobre o uso de VPN dos seus clientes.

A empresa já provou diversas vezes que leva a privacidade dos seus clientes muito a sério. Isso ficou claro quando optou por remover os servidores russos da sua lista de servidores disponíveis. Há alguns anos, a Rússia decidiu que todo o tráfego de dados do país precisava ser registrado por pelo menos um ano. Esta lei impossibilitou que o PIA garantisse a privacidade dos seus usuários. Por isso, o PIA decidir não oferecer mais servidores baseados na Rússia.

Quando você usa um provedor de VPN externo, você sempre coloca parte da sua privacidade nas mãos dele. Isso significa que você precisa confiar no serviço. Felizmente, não há nenhuma indicação de que o PIA tenha violado a privacidade dos seus usuários até o momento.

Kill switch

Kill Switch OffO Private Internet Access possui um kill switch (desligamento automático) que pode ser encontrado nas configurações do painel. Um kill switch ativado garante que suas informações não vazem acidentalmente, caso sua conexão de VPN caia. Além disso, esta VPN tem uma forma exclusiva de bloquear domínios usados para anúncios, rastreadores e malware. O nome deste recurso é PIA MACE e pode ser encontrado nas configurações, abaixo do kill switch.

Quais informações o PIA precisa?

Antes de você começar a usar o serviço do PIA, a empresa precisará dos seus dados de pagamento. O Private Internet Access oferece muitas opções de pagamento anônimo, que falaremos melhor mais tarde. Isso significa que você não precisa fornecer nenhuma informação pessoal para fazer o pagamento. É muito fácil pagar com criptomoedas, como Bitcoin. Assim, você só precisa fornecer um e-mail válido para que o PIA possa vincular a sua conta a ele. Você também pode registrar um e-mail novo, usado especificamente para o PIA, para que não possa ser rastreado até você.

Depois, o PIA criará um nome de conta para você e lhe enviará uma “ID de Pedido” em um e-mail de confirmação após o pagamento. Você pode usar estes códigos quando precisar se comunicar com a equipe de suporte, por exemplo. Isso é tudo que você precisa: um endereço de e-mail válido. Além disso, o PIA pode ser usado de forma totalmente anônima.

Segurança do PIA: conclusão

  • O PIA funciona com vários protocolos fortes, como o OpenVPN
  • O PIA tem uma política de não manter registros
  • O PIA tem um kill switch incluso e o PIA MACE para bloquear anúncios, rastreadores e malware
  • A única informação que você precisa para criar uma conta é um endereço de e-mail e os seus dados de pagamento, mas ambos podem ser feitos de forma anônima

Facilidade de uso – O PIA é fácil de usar?

A facilidade de uso pode a chave para o sucesso ou a ruína de um serviço de VPN. Um painel fácil de navegar significa que você conseguirá configurar sua VPN rapidamente. Um bom preço diminui ajuda na sua escolha de se proteger online. Um site bem organizado significa ter um painel funcional no seu computador sempre que precisar. E finalmente, um bom atendimento ao cliente pode ajudar você a se reconectar rapidamente sem dificuldade, quando estiver tendo problemas.

Todos estes elementos são importantes para determinar a facilidade de uso de um provedor de VPN. O PIA teve uma pontuação bastante satisfatória em todos esses aspectos.

Site do PIA

O site do Private Internet Access contém muita informação, distribuída de forma conveniente em várias guias. A página inicial traz um resumo das informações mais importantes sobre o serviço, que incluem as razões para se usar uma VPN, um pequeno vídeo explicando o que a VPN faz, os preços das várias opções de assinatura oferecidas, os diferentes recursos do PIA e algumas avaliações do serviço.

PIA Homepage Website

Usando o menu no topo da página, você pode acessar outras partes do site. Ali, você pode aprender mais sobre como uma VPN funciona e como é a rede de servidores do PIA. Além disso, você encontrará downloads, atendimento ao cliente, blogs e a página de login para entrar na sua conta pessoal. O site está parcialmente disponível em vários idiomas.

Criar sua conta é muito fácil e acontece automaticamente quando você contrata o serviço, basta escolher uma das assinaturas na página inicial ou clicar em “Registre-se agora” no menu. Escolha a sua assinatura, selecione a forma de pagamento e insira os dados necessários. Depois, é só baixar o software para começar a usar.

Instalando o PIA

O painel do PIA pode ser baixado para Windows, MacOS, Linux, iOS e Android. Eles também oferecem extensões para Chrome, Firefox e Opera. Assim, o PIA é compatível com quase todos os dispositivos. A página de download do site mostra todas as opções exibidas de forma organizada. Basta clicar no botão certo para baixar o arquivo desejado.

PIA Download Screen

Usamos o aplicativo do PIA para Windows, por isso, as instruções de download que explicaremos aqui são para Windows. Assim que você abrir o arquivo baixado, a instalação iniciará automaticamente. A instalação do painel leva menos de um minuto, mas mesmo assim, o processo é explicado passo a passo pelo PIA. Use suas informações de conta para fazer login e comece a usar o serviço.

PIA-Screenshot-Windows-Home

Aparência e experiência do usuário do PIA

O programa do PIA foi criado para funcionar sem complicações. Quando você abrir o painel, verá um grande botão escrito “ON” (ativar), um pequeno mapa e o servidor de VPN selecionado para você. Depois de conectar-se ao servidor de VPN, você encontrará o seu endereço de IP na parte inferior da tela, com o IP do servidor de VPN que está usando no momento. Se você clicar na seta de baixo, você poderá ver mais informações e possibilidades: servidores mais usados, desempenho e uso da sua conexão, configurações rápidas e o tipo de assinatura que você tem.

PIA Screenshot App Homescreen

Ao clicar nos três pontos no canto superior direito, você poderá acessar outras configurações. Por exemplo, você pode alterar o idioma, tema e preferências gerais em “Geral”, ou ver os dados da sua conta em “Conta”. O kill switch e o PIA MACE podem ser encontrados em “Privacidade”.

Além disso, você pode configurar as suas preferências de rede em “Rede”, e as suas preferências de conexão em “Conexão”. Estas configurações são um pouco mais avançadas, mas estão configuradas com as melhores opções para os usuários que querem começar a usar o serviço imediatamente.

Por fim, você poderá encontrar ferramentas de suporte, como o tour do programa e um link para o serviço de suporte, em “Ajuda”.

PIA Screenshot iOS Settings

O painel irá desaparecer da sua tela quando você não estiver usando. Se precisar abri-lo, você o encontrará na sua barra de tarefas. Às vezes, é preciso clicar na pequena seta no canto inferior direito da sua tela (^). Você precisará clicar nela se quiser ativar ou desativar a conexão. Desta forma, o aplicativo permanecerá oculto até que você precise usá-lo. Este é um recurso útil para quem deseja manter a VPN oculto, mas pode ser irritante se você precisar fazer algo no painel: assim que clicar em outra área da tela, o painel some novamente.

Em geral, o software do PIA é transparente e agradável de usar, com visual suave e opções fáceis de encontrar.

Preços e formas de pagamento

O PIA oferece três tipos de assinatura: mensal, 6 meses e 1 ano. Se escolher um plano mensal, que você pode cancelar após cada mês, o preço será U$ 9,95 por mês. O plano de 6 meses custa U$ 5,99 por mês. Se você escolher o plano anual, pagará apenas U$ 2,85 por mês. É uma economia de 50% comparada com a assinatura mensal. Resumindo, quanto mais longa for a assinatura, mais barato o valor mensal será para você.

Prices PIA

Todas as assinaturas do Private Internet Access lhe dão acesso total à rede de VPN da empresa. Eles também oferecem uma garantia de reembolso de 7 dias, permitindo que você experimente o serviço antes de se comprometer com uma assinatura.

O PIA aceita várias formas de pagamento:

  • PayPal
  • Cartão de crédito (Visa, MasterCard, Amex, Discover, JCB)
  • AmazonPay
  • Bitcoin
  • Zcash
  • Ethereum
  • Litecoin
  • Bitpay
  • iDeal
  • Sofort
  • Mint Pré-pago
  • Beam

São muitas formas diferentes para pagar sua assinatura. Há vários formas anônimas de pagamento, como o Bitcoin, que permitem que você mantenha o seu anonimato, mesmo para comprar a sua conexão de VPN. O PIA realmente coloca o anonimato em primeiro lugar, para a felicidade de muitos usuários, como nós.

PIA e Linux

O PIA cuida muito bem dos usuários de Linux. Para usuários dos distros Debian, Fedora, Slackware e Arch, é possível instalar o OpenVPN através do terminal. A opção de instalar a interface de usuário do Windows para Linux é melhor ainda. Essa opção pode ser bem prática, principalmente para novos usuários do Linux. Com uma interface de usuário como esta disponível para Linux, o PIA é um dos únicos provedores que se esforçou para oferecer um serviço mais fácil para usuários do Linux.

Infelizmente, o app só está disponível para usuários de Linux que também possuem o pacote de software de sistema, incluindo o Linux Mint, Ubuntu, Debian e Arch.

A rede de servidores do PIA não é a maior, nem possui os servidores mais rápidos – esse título continua com a ExpressVPN. Mas existem diversos servidores para a grande maioria dos usuários e a maioria dos servidores mostram um alto grau de consistência e segurança.

Durante os testes com o PIA, não encontramos nenhum problema de segurança. Além disso, o PIA oferece vários recursos extras. Primeiro, existe um programa exclusivo do PIA, chamado “Mace”. Este programa oferece uma nível extra de segurança contra anúncios, rastreadores e malware.

No app, você também tem a opção de alterar para servidores de DNS personalizados ou alterar o nível de criptografia. E, claro, o PIA também conta com um kill switch, além de você poder optar por rotear seu tráfego através de proxies SOCKS5, para um tunelamento extra por SSH.

O PIA pode não ser o provedor com mais servidores, ou com os servidores mais rápidos, mas apresenta números bastante competitivos nessas duas categorias. Seja velocidade, segurança ou facilidade de uso, o PIA oferece um produto de qualidade, sendo uma ótima opção para usuários de Linux.

Atendimento ao cliente

O help desk do PIA oferece muitas possibilidades. Você pode consultar a base de dados do serviço ou os manuais de instrução caso tenha algum problema. Também é possível enviar feedback caso você ache que o PIA precisa corrigir algum problema ou adicionar alguma funcionalidade. Outros usuários podem “votar” no seu feedback, e o PIA determinará se podem atender às sugestões ou solicitações.

PIA Support Page

Se tiver algum problema que não conseguir resolver depois de consultar a base de dados, você também pode entrar em contato com o PIA através do formulário de contato. Você terá que fornecer alguns dados sobre a sua conta e fazer a sua pergunta. Este formulário precisa ser preenchido em inglês. Você receberá a resposta do PIA por e-mail.

Enviamos uma pergunta para eles e recebemos a resposta depois de 6 horas. O e-mail tinha informações detalhadas e outras perguntas para nos ajudar, caso precisássemos. Em geral, a resposta foi rápida e bastante completa. Mesmo que o PIA não ofereça um serviço de atendimento via chat e você precise esperar algumas horas pela resposta, consideramos o sistema disponível no momento satisfatório.

Facilidade de uso do PIA: Conclusão

  • O site do PIA é muito informativo e funcional
  • A instalar do PIA é rápida e simples
  • O software do PIA pode ser encontrado na barra de tarefas e a navegação é fácil
  • Há 3 opções de assinatura, mas a mais barata é a opção anual, a U$ 2,85 por mês
  • O PIA oferece muitas formas de pagamento, incluindo várias opções anônimas
  • O atendimento do cliente é muito bom e funciona através de um formulário e e-mail, mas é um pouco lento

Rede de servidores do PIA

A rede de servidores de um provedor de VPN determina as suas possibilidades. Você precisa ser capaz de escolher entre servidores em muitos locais se quiser contornar as restrições geográficas, por exemplo, se quiser assistir o que a Netflix americana tem a oferecer estando em outro país. Nesta seção, vamos detalhar quantos servidores e localizações o Private Internet Access oferece. Também vamos explicar por que o PIA decidiu não oferecer endereços de IP dedicados.

Quantidade de servidores e localizações

No momento, o Private Internet Access possui 3292 servidores em 46 países. Para a maioria dos usuários, é um número bastante satisfatório em muitos locais. O PIA afirma que a empresa trabalha continuamente para expandir sua rede de servidores, por isso, você pode visitar o site do serviço para ter acesso às últimas novidades.

PIA Regions Screenshot

Quando escrevemos esta análise, o PIA possuía vários servidores (e locais) em 46 países.

País Qtd. de locais com servidores Qtd. de servidores
Albânia 1 2
Austrália 3 142
Áustria 1 17
Bélgica 1 15
Bulgária 1 2
Bósnia e Herzegovina 1 2
Canadá 3 246
República Tcheca 1 17
Dinamarca 1 26
Estônia 1 4
Finlândia 1 20
França 1 48
Alemanha 2 79
Grécia 1 4
Hong Kong 1 16
Hungria 1 10
Islândia 1 4
Índia 1 4
Irlanda 1 10
Israel 1 8
Itália 1 13
Japão 1 16
Letônia 1 4
Lituânia 1 4
Luxemburgo 1 10
México 1 33
Moldávia 1 4
Países Baixos 1 548
Nova Zelândia 1 16
Macedônia do Norte 1 2
Noruega 1 28
Polônia 1 10
Romênia 1 28
Sérvia 1 2
Cingapura 1 20
Eslováquia 1 2
Espanha 1 14
Suécia 1 100
Suíça 1 85
Ucrânia 1 4
Emirados Árabes Unidos 1 4
Reino Unido 3 188
Estados Unidos 14  1525
África do Sul 1 2

Endereço de IP dedicado

O Private Internet Access não oferece endereços de IP dedicados. Eles querem oferecer o máximo possível de anonimato o tempo todo aos seus usuários, e é por isso que todos os endereços de IP são compartilhados. Desta forma, a sua privacidade está mais protegida online. O PIA vê os endereços de IP dedicados como uma simples conexão de internet desprotegida, e por isso, não vê necessidade de oferecer este serviço. Se você está procurando especificamente por uma VPN com IP dedicado, leia nossa análise da NordVPN.

Rede de servidores do PIA: Conclusão

  • No momento, o PIA possui 3292 servidores em 46 países
  • Eles têm servidores em 14 locais diferentes nos EUA
  • O PIA não oferece endereços de IP dedicados

Opções do PIA

A maioria dos usuários valoriza uma VPN que os ajuda a permanecer seguros e anônimos, mas uma VPN também nos dá mais liberdade para usar a internet. Por exemplo, você pode acessar a Netflix de países diferentes, o que significa que pode assistir a uma seleção maior de séries e filmes. Baixar torrents também é muito mais seguro com uma VPN. Falaremos mais sobre essas possibilidades nesta seção.

PIA e Netflix

Netflix App IconAssistir à Netflix (estrangeira) é um assunto popular no mundo das VPNs. A Netflix está lutando bastante contra as VPNs, além de bloquear todos os endereços de IP que identifica como sendo de um provedor de VPN. Para muitos provedores, isso dificulta o uso da Netflix com a conexão de VPN oferecida. O PIA faz todo o possível para continuar disponibilizando este serviço para você.

Quando executamos o nosso teste, conseguimos acessar a Netflix americana de qualquer lugar, usando um servidor de VPN em Nova York. O PIA nos informou que a Netflix funciona com seus servidores americanos, canadenses e britânicos. Isso sugere que eles estão trabalhando duro para continuar oferecendo o serviço. De qualquer forma, é possível assistir à Netflix americana de outros países usando o PIA.

PIA e torrents

É possível baixar arquivos via P2P usando os servidores do Private Internet Access. Baixar torrents é fácil e rápido. Você nem vai perceber que está usando uma VPN, apesar de estar protegido e baixando de forma anônima.

Extensão de navegador do PIA

Além do programa do PIA, este provedor também possui uma extensão de navegador muito útil. Ela funciona da mesma forma que o software para desktop ou smartphone. A diferença é que a extensão de navegador garante apenas que o tráfego do navegador passe pela VPN. Outros aplicativos que utilizem a internet mas não são executados através do navegador não estarão protegidos pela VPN. Aliás, a extensão de navegador oferece uma opção extra de rastreamento, conforme mostrado abaixo no ecrã das configurações da extensão.

PIA Browser Extension Settings

Proxy Squid do PIA

Se você já acessou o site do PIA, você deve ter notado que eles também falam sobre um recurso chamado “Proxy Squid”. Percebemos que havia algumas perguntas sobre isso lá, por isso achamos necessário explicar brevemente o que é isso. Os proxies Squid do PIA são usados com a extensão de navegador. O PIA usa estes proxies Squid para separar o tráfego da extensão do navegador do tráfico normal do app da VPN. Os proxies Squid mantém cache dos sites para tornar o carregamento mais rápido, caso você visite os mesmos sites várias vezes.

Opções do PIA: Solução

  • Você pode assistir à Netflix americana, canadense e britânica com o PIA
  • Baixar torrents com o PIA é fácil, rápido e seguro
  • O PIA utiliza Squid Proxies em sua extensão de navegador

Entrevista com o PIA

Tivemos a oportunidade de fazer algumas perguntas às pessoas por trás do Private Internet Access. Conversamos sobre a segurança e privacidade do serviço, e também sobre como eles administram seus servidores. Veja as nossas perguntas e as respostas que o PIA nos deu (em uma versão levemente resumida).

1. Vocês mantém registros que permitem a vinculação de um endereço de IP ao usuário?

“Não, nós não armazenamos nenhum registro.”

2. Vocês poderiam nos contar um pouco mais sobre as leis de retenção de dados que vocês precisam cumprir?

“No momento, não há nenhuma lei nos EUA que obrigue os provedores de VPN a armazenar dados.”

3. Que ferramentas vocês usam para monitorar e combater o uso impróprio dos serviços que oferecem?

“Nós não monitoramos ou registramos as atividades dos nossos usuários. Às vezes, isso pode levar a problemas quando os nossos servidores são usados de forma errada, porque não podemos identificar o usuário que está desrespeitando as regras. Nós divulgamos em detalhes o que é e o que não é permitido nos nossos termos de uso. Ocasionalmente, um cliente entra em contato conosco porque precisa de ajuda para violar as nossas regras tecnicamente, por exemplo, quando querem hackear, phreakear (hackear com uso de telefonia) ou executar qualquer atividade ilegal. Nós sempre cancelamos essas contas.”

4. O que acontece quando vocês recebem um aviso de remoção do DMCA (lei americana de proteção dos direitos autorais), ou do equivalente europeu?

“O nosso departamento jurídico lida com avisos de remoção do DMCA. No entanto, é impossível vincular qualquer informação a um usuário, já que não guardamos nenhum registro.”

5. Quais ações são tomadas caso vocês recebam uma ordem judicial para rastrear um usuário específico? Isso já aconteceu alguma vez? Vocês conseguiriam identificar um usuário nesse caso?

“O departamento jurídico também lida com ordens judiciais. Mas como não mantemos nenhum registro, não existe nenhum dado para ser repassado.”

6. BitTorrents e tráfego de outros serviços de troca de arquivos são permitido em todos os seus servidores?

“Sim, o uso de torrents é permitido em todos os nossos servidores, mesmo que  o download e compartilhamento de materiais ilegais não seja permitido por lei. De tempos em tempos, algumas operadoras bloqueiam os portais usados para baixar torrents. É por isso que temos alguns servidores que permitem o redirecionamento de portas, para que possamos contornar esses bloqueios.”

7. Vocês tem os seus próprios servidores de DNS?

“Sim, nós temos. Eles impedem possíveis vazamentos de DNS. Nossos aplicativos usam esses servidores de DNS automaticamente.”

8. Vocês tem controle físico de todos os seus servidores?

“Atualmente, temos 3292 servidores em mais de 46 países. É por isso que somos obrigados a usar diversos data centers e fornecedores externos, e todos estão vinculados a contratos rígidos que estão de acordo com os valores do Private Internet Access. Também monitoramos continuamente o status e as leis dos países em que nossos servidores estão. Se há mudanças nas leis, nós determinamos se os “custos e benefícios” ainda correspondem às nossas exigências. Em alguns casos, essas mudanças fazem com que tenhamos que suspender nossos serviços em certos países (como na Rússia, em 2016).”

Conclusão – Nossa experiência com o PIA

Prós Contras
Segurança robusta Não há atendimento via chat
Não guarda registros O painel fica na barra de tarefas
Foco em privacidade
Muitos servidores
Servidores rápidos
Relativamente barato
Funciona com a Netflix americana
Software e site simples e funcionais

O Private Internet Access é um dos maiores provedores de VPN da atualidade. Ele é conhecido pelo foco na segurança e privacidade por uma boa razão: a política contra o armazenamento de logs é sólida, e eles se mantêm informados sobre as mudanças que possam afetar a privacidade dos seus usuários. Além disso, a empresa oferece uma grande seleção de servidores em vários locais, com conexões estáveis e rápidas. A Netflix americana e outros serviços de streaming também parecem funcionar corretamente.

Além de tudo isso, o PIA tem um preço muito razoável quando você assina o serviço por mais tempo. Isso, combinado a um software simples e clean, nos permite recomendar o PIA com entusiasmo, se você estiver procurando por um serviço de VPN de qualidade. As únicas desvantagens são a falta de atendimento via chat ao vivo, e o desaparecimento do painel quando o usuário clica em outra área da tela. Essas são pequenas desvantagens, que alguns podem até considerar vantagens. Para concluir, o PIA é um serviço de VPN muito confiável, rápido e de qualidade.

Private Internet Access (PIA): Perguntas Frequentes

Você tem alguma dúvida sobre o PIA? Clique em uma das perguntas abaixo para ler sua resposta. Se você ainda estiver com algum problema ou dúvida, deixe um comentário abaixo. Estamos aqui para ajudá-lo e responderemos o mais rápido possível!

O PIA é conhecido por focar na sua segurança e privacidade. Este provedor utiliza protocolos fortes: OpenVPN, PPTP e IPSec/L2TP. O serviço não armazena nenhum dado, além de oferecer um kill switch integrado e um bloqueador de anúncios (adblocker). O PIA permite que você crie uma conta totalmente anônima. Infelizmente, este provedor está baseado nos Estados Unidos. Ainda assim, já provaram por diversas vezes que realmente não armazenam qualquer dado da VPN para compartilhar com autoridades ou qualquer outra pessoa.

Com o PIA, é provável que você consiga acessar às versões americana, canadense e britânica da Netflix. Porém, nem sempre será possível. Poucos servidores do PIA funcionam com a Netflix, e esses servidores podem mudar constantemente. Todos os outros servidores, se usados para acessar a Netflix, exibirão uma mensagem de erro.

A assinatura mais barata do PIA custa apenas U$2,85 por mês. Este é o preço da assinatura anual, mas atualmente você ainda ganha 2 meses grátis. Se você preferir uma assinatura mais curta, de 6 meses, por exemplo, você pagará U$5,99 por mês. A assinatura mensal custa U$9,95.

O PIA oferece uma velocidade decente durante o uso diário. No entanto, os servidores mais perto de você provavelmente serão muito mais rápidos que os servidores mais distantes. Quanto mais longe o servidor, mais lenta fica sua conexão, o que pode ser um inconveniente.

O PIA é muito fácil de usar. O site do PIA é muito claro e informativo. A instalação do PIA também é rápida e sem complicações. Após instalado, o software do PIA pode ser encontrado na barra de tarefas e é muito fácil de navegar.

Opinião dos especialistas
do VPNOverview.com

Nossa pontuação
8.5
O PIA é totalmente focado em privacidade e segurança. Servidores rápidos, conexões estáveis, preços acessíveis!
Visite o site do PIA
Comentários
Envie um comentário
Envie um comentário

Visite PIA