PIA Logo

Private Internet Access (PIA) Análise 2019

Última modificação: 11 September 2019
Destaques
  • Foco reforçado em privacidade e segurança
  • Preços competitivos
  • Servidores rápidos e estáveis
8.5

Nossa nota

  • Velocidade
    8.5
  • Segurança
    9.5
  • Facilidade de uso
    7.5
  • Servidores
    8.5

Análise do PIA (Private Internet Access) (2019) – Um serviço com boa segurança e preço baixo

O Private Internet Access (frequentemente abreviado como PIA) é um dos maiores provedores de VPN no mercado no momento. Uma das suas maiores vantagens é o foco na privacidade. Eles têm uma política de não manter logs, tornando o PIA bastante popular entre usuários de (bit)torrent. O Private Internet Access também é conhecido pelos seus aplicativos e programas minimalistas e compactos. Alguns consumidores consideram esta característica uma vantagem, enquanto outros podem ficar um pouco decepcionados. Testamos esse serviço de VPN e verificamos as velocidades de conexão, a segurança, privacidade, facilidade de uso, rede de servidores e recursos extras do PIA. Esses são os resultados que obtivemos.

Especificações PIA
  • Conexões simultâneas: 10
  • Torrents:
  • Netflix:
  • Sistemas operacionais: Windows, Mac, iOS, Android, Linux
  • Protocolos: OpenVPN, L2TP/IPsec, PPTP
  • Política de logs (registros de uso): Não cria logs
  • Servidores: Mais de 3300 em 32 países
  • Preço: A partir de U$ 3,33 por mês
  • Garantia de reembolso: 7 dias

Velocidades de conexão – O PIA é rápido?

A velocidade de uma conexão de internet conectada a um VPN depende de muitos fatores diferentes. Alguns fatores importantes são a velocidade da sua conexão, a distância entre a sua conexão e o servidor de VPN e a velocidade e localização do servidor com o qual você está trocando dados, como o servidor da web, servidor de torrent ou servidor de newsgroups ao qual você deseja se conectar. E, claro, o ping (tempo de resposta) e a estabilidade da conexão são muito importantes.

Para demonstrar o desempenho do Private Internet Access, fizemos vários testes de velocidade. Também levamos em consideração as nossas experiências de uso com o PIA. Você encontrará os resultados abaixo.


Resultados dos testes de velocidade do PIA

Aqui você pode ver os resultados de alguns dos testes de velocidade que fizemos com o Private Internet Access. Observe que essas medições sempre variam de acordo com localização, operadora de internet e horário. Por isso, também incluímos um teste de velocidade da nossa conexão sem o VPN para referência.

Velocidade da internet sem VPN (speedtest.net):

Speedtest PIA without VPN

Esses são os resultados do teste da nossa conexão de internet sem o uso de VPN no speedtest.net. Essa é uma medição inicial que podemos usar para comparar aos outros resultados.

Servidor local (speedtest.net):

Speedtest PIA VPN local

Esses são os resultados do speedtest.net após conectarmos a um servidor do PIA próximo. Os resultados são promissores. O ping aumentou um pouco, de 4 para 7, mas as velocidades de download e upload quase não baixaram. Neste caso, é improvável que você note alguma diferença nas velocidades de conexão ao usar um servidor de VPN como esse.

Servidor nos Estados Unidos (speedtest.net):

Speedtest PIA VPN USA

Esses são os resultados do speedtest.net da nossa conexão de internet usando um servidor do PIA nos EUA. Ele mostra uma situação totalmente diferente. O ping aumentou bastante e as velocidades de download e upload baixaram significativamente. No entanto, esse resultado não é surpreendente para um servidor de VPN nos EUA, considerando que o tráfego de internet precisou ser roteado em outro continente (estamos na Holanda). Os resultados do teste no Brasil podem ser bastante diferentes.


Velocidades da conexão com uso diário

O PIA é um serviço de VPN muito adequado para o uso diário. Nós praticamente não percebemos nenhuma diferença na velocidade base da nossa conexão. Não houve problemas na navegação ou no streaming de música e vídeos com YouTube e Netflix. Tentamos assistir a Netflix no servidor dos EUA, e ele funcionou normalmente. Foi necessário um pouco de tempo extra para carregar os episódios, mas o player rodou os vídeos sem problemas depois disso. Conseguimos jogar online sem nenhum lag e também conseguimos baixar torrents muito rápido: um arquivo de quase 2 GB em 15 minutos. No geral, você praticamente não notará que a sua conexão de VPN do PIA está ativa quando usá-la no dia a dia—uma ótima vantagem para qualquer VPN.


Velocidades do PIA: o veredito

  • Os resultados dos testes de velocidade foram variados, com alguns bons resultados para os servidores locais e resultados menores para os servidores dos EUA
  • As velocidades de internet quase não se alteram durante a navegação, streaming e downloads

Segurança – O PIA é seguro?

VPNs têm tudo a ver com segurança e anonimato. Um bom provedor de VPN precisa cuidar dos seus dados e garantir que nenhum deles caia nas mãos erradas. Ele também precisa proteger a sua privacidade e lhe oferecer a possibilidade de manter o seu anonimato ao usar o serviço. O PIA coloca a segurança e privacidade em primeiro lugar, e por isso, eles são excelentes nesses pontos. A empresa só usa os protocolos mais fortes, mantém uma política de não gerar logs e pedem o mínimo possível de informações pessoais. Nesta seção, vamos nos aprofundar um pouco mais nesses aspectos do Private Internet Access.


Protocolos

Quando o assunto é segurança e criptografia, o Private Internet Access sabe muito bem o que está fazendo. Eles trabalham com vários protocolos (OpenVPN, PPTP, IPSec/L2TP) e também oferecem um proxy SOCKS5. A maioria dos usuários escolherá usar o OpenVPN, por ser um protocolo muito forte. Você quer mais velocidade e não se preocupa tanto com a criptografia de dados? O PIA permite que você use um dos outros protocolos ou o servidor proxy facilmente.


Política de logs e privacidade

O Private Internet Access é conhecido pelo seu foco na privacidade por uma razão. O PIA mantém uma política rígida contra a geração de logs. Isso cria uma experiência mais segura e anônima para os usuários do PIA, que vale mais para este provedor do que a conveniência de ter as informações pessoais dos seus clientes. Sendo assim, os dados nunca são armazenados em discos rígidos, mas em um dispositivo especial nulo. Ele é um “dispositivo” virtual que finge automaticamente que os dados não existem. Depois de gravar as informações no dispositivo nulo, ele se torna impossível de acessar. É assim que o PIA garante a sua política de não geração de logs.

Já que o PIA não grava nenhum dado, eles também não podem repassar essas informações caso recebam uma intimação da justiça. A empresa age assim propositadamente, já que eles estão localizados nos Estados Unidos. Os EUA é um dos únicos países do mundo que não tem uma política de retenção de dados obrigatória. Isso significa que o PIA não é obrigado a armazenar informações por um período específico de tempo, como costuma ser o caso na Europa. No entanto, por estar nos EUA, é possível que eles sejam obrigados a registrar a atividade de um usuário e ajudar a identificá-lo depois de receber uma ordem judicial. Em muitos julgamentos e investigações, o PIA provou não ter nenhuma informação sobre o uso de VPN dos seus clientes.

A empresa também provou muitas vezes que leva a privacidade dos seus clientes muito a sério. Isso fica claro pela sua escolha de remover os servidores russos da sua lista de servidores disponíveis. Há alguns anos, a Rússia decidiu que todo o tráfego de dados do país precisava ser registrado por pelo menos um ano. Esta lei impossibilitou que o PIA garantisse a privacidade dos seus usuários, e é por isso que eles decidiram não oferecer mais a Rússia como localização de servidor.

Quando usa um provedor de VPN externo, você sempre coloca parte da sua privacidade nas mãos dele. Isso significa que você precisa confiar no serviço. Felizmente, não há nenhuma indicação de que o PIA tenha violado a privacidade dos seus usuários até o momento.


Kill switch

O Private Internet Access tem um kill switch (desligamento automático) que pode ser encontrado nas configurações do painel. Um kill switch ativado garante que você não vaze nenhuma informação acidentalmente, caso a sua conexão de VPN caia. Além disso, este VPN tem uma forma exclusiva de bloquear domínios usados para anúncios, rastreadores e malware. O nome desta funcionalidade é PIA MACE e pode ser encontrada nas configurações, abaixo do kill switch.


De quais informações o PIA precisa?

De quais informações o PIA precisa?Antes de você começar a usar o serviço do PIA, a empresa receberá os seus dados de pagamento. O Private Internet Access oferece muitas opções de pagamento anônimo, que vamos detalhar mais tarde. Isso significa que você não precisa fornecer nenhuma informação pessoal para fazer o pagamento. Pagar com criptomoedas, como Bitcoin, é muito fácil. Assim, você só precisa fornecer um e-mail válido para que o PIA possa vincular a sua conta a ele.

Depois, o PIA criará um nome de conta para você e lhe enviará uma “ID de Pedido” em um e-mail de confirmação depois do pagamento. Você pode usar estes códigos quando precisar se comunicar com a equipe de suporte, por exemplo. Isso é tudo o que você irá precisar: um endereço de e-mail válido. Além disso, o PIA pode ser usado de forma totalmente anônima.


Segurança do PIA: o veredito

  • O PIA funciona com vários protocolos fortes, como o OpenVPN
  • O PIA tem uma política de não manter logs
  • O PIA tem um kill switch incluso e o PIA MACE para bloquear anúncios, rastreadores e malware
  • A única informação que você precisa para criar uma conta é um endereço de e-mail e os seus dados de pagamento, mas ambos podem ser feitos de forma anônima

Facilidade de uso do PIA

A facilidade de uso pode elevar ou derrubar um serviço de VPN. Um painel fácil de navegar significa que você pode configurar o seu VPN em muito pouco tempo. Um bom preço diminui o impacto da sua escolha de se proteger online. Um site bem organizado significa que você tem um painel funcional no seu computador sempre que precisar. E finalmente, um bom atendimento ao cliente pode ajudar você a se reconectar rapidamente sem dificuldade quando estiver tendo problemas.

Todos estes elementos são importantes para determinar a facilidade de uso de um provedor de VPN. O PIA tem uma avaliação bastante satisfatória em todos esses aspectos.


Site do PIA

O site do Private Internet Access contém muita informação, distribuída de forma conveniente em várias guias. A página inicial traz um resumo das informações mais importantes sobre o serviço, que incluem as razões para usar um VPN, um vídeo curto que explica o que o VPN faz, os preços das várias opções de assinatura que eles oferecem, os diferentes recursos do PIA e algumas avaliações do serviço. É muita informação para absorver, mas a distribuição em blocos facilita muito a compreensão.

PIA Homepage Website

Usando o menu no topo da página, você pode acessar as outras partes do site. Ali, você pode aprender mais sobre como um VPN funciona e como é a rede de servidores do PIA. Além disso, você encontrará downloads, atendimento ao cliente, blogs e a página de login para entrar na sua conta pessoal. O site está parcialmente disponível em vários idiomas.

Criar uma conta é muito fácil e acontece automaticamente quando você contrata o serviço. Você pode fazer isso escolhendo uma das assinaturas na página inicial ou clicando em “Registre-se agora” no menu. Escolha a sua assinatura, selecione a forma de pagamento e insira os dados necessários. Depois disso, basta baixar o software para começar a usar.


Instalando o PIA

O painel do PIA pode ser baixado para MacOS, Linux, iOS e Android. Eles também oferecem extensões para Chrome, Firefox e Opera. Assim, o PIA é compatível com quase todos os dispositivos. A página de download do site mostra todas as opções exibidas de forma organizada. Basta clicar no botão certo para baixar o arquivo desejado.

PIA Download Screen

Usamos o aplicativo do PIA para Windows, por isso, as instruções de download que adicionamos aqui são para Windows. Assim que você abrir o arquivo baixado, a instalação irá iniciar. Instalar o painel leva menos de um minuto, mas mesmo assim, o processo é explicado passo a passo pelo PIA. Depois, você verá a tela de boas-vindas do provedor. Tudo isso acontece muito rápido e sem muito esforço. A única coisa que você pode ter que descobrir é se o seu computador é um sistema de 32 ou 64 bits.


Aparência e uso do programa do PIA

O programa do PIA foi criado para funcionar com o mínimo de complicação. Quando você abrir o painel, verá um grande botão de “LIGAR”, um pequeno mapa e o servidor de VPN selecionado para você. Depois de conectar-se ao servidor de VPN, você encontrará o seu endereço de IP na parte inferior da tela, com o IP do servidor de VPN que está usando no momento. Se clicar na seta de baixo, você poderá ver mais informações e possibilidades: servidores mais usados, desempenho e uso da sua conexão, configurações rápidas e o tipo de assinatura que você tem.

PIA VPN Screen

Ao clicar nos três pontos no canto superior direito, você poderá acessar outras configurações. Por exemplo, você pode alterar o idioma, tema e preferências gerais em “Geral”, ou ver os dados da sua conta em “Conta”. O kill switch e o PIA MACE podem ser encontrados em “Privacidade”. Além disso, você pode configurar as suas preferências de rede em “Rede”, e as suas preferências de conexão em “Conexão”. Estas configurações são um pouco mais avançadas, mas estão configuradas com as melhores opções para os usuários que querem começar a usar o serviço imediatamente. Por fim, você poderá encontrar ferramentas de suporte, como uma tour do programa e um link para o serviço de suporte, na guia “Ajuda”.

PIA Settings Screen

O painel irá desaparecer da sua tela quando você não estiver usando-o. Se precisar abri-lo, você encontrará o ícone do programa na sua barra de tarefas. Às vezes, é preciso clicar na pequena seta no canto inferior direito da sua tela (^). Você precisará clicar nela se quiser ativar ou desativar a conexão. Desta forma, o aplicativo permanecerá oculto até que você precise usá-lo. Este é um recurso útil para quem deseja manter o VPN oculto, mas pode ser irritante quando você precisa fazer algo no painel: assim que clicar em outra área da tela, o painel some novamente.

Em geral, o software do PIA é transparente e agradável de usar. Ele tem uma aparência suave e opções fáceis de encontrar.


Preços e opções de pagamento

O PIA oferece três tipos de assinatura: mensal, 6 meses e 1 ano. Se escolher um plano mensal, que você pode cancelar após cada mês, o preço será U$ 6,95 por mês. O plano de seis meses custa U$ 5,99 por mês. Se você escolher o plano de um ano, irá pagar apenas U$ 3,33 por mês. É uma economia de 65% comparada com a assinatura mensal. Resumindo, quanto mais longa for a assinatura, mais barato o valor mensal será para você.

PIA prices

Todas as assinaturas do Private Internet Access lhe dão acesso total à rede de VPN completa da empresa. Eles também oferecem uma garantia de reembolso de 7 dias, permitindo que você experimente o serviço antes de se comprometer com uma assinatura.

O PIA aceita muitas opções de pagamento:

  • PayPal
  • Cartão de crédito (Visa, MasterCard, Amex, Discover, JCB)
  • AmazonPay
  • Bitcoin
  • Zcash
  • Ethereum
  • Litecoin
  • Bitpay
  • Klarna
  • Mint Pré-pago

São muitas opções para pagar a sua assinatura, realmente. Há vários métodos de pagamento anônimo, como Bitcoin, que permitem que você mantenha o seu anonimato, mesmo para comprar a sua conexão de VPN. O PIA realmente coloca o anonimato em primeiro lugar, para a felicidade de muitos usuários, como nós.


Atendimento ao cliente

O help desk do PIA oferece muitas possibilidades. Você pode consultar a base de dados do serviço ou os manuais de instrução caso tenha algum problema. Também é possível enviar feedback se você acha que o PIA precisa corrigir algum problema ou adicionar alguma funcionalidade. Outros usuários podem “votar” no seu feedback, e o PIA irá determinar se eles podem atender às sugestões ou solicitações.

PIA Support Page

Se tiver algum problema que não conseguir resolver depois de consultar a base de dados, você também pode entrar em contato com o PIA através do formulário de contato. Você terá que fornecer alguns dados sobre a sua conta e fazer a sua pergunta. Este formulário precisa ser preenchido em inglês. Você receberá a resposta do PIA por e-mail.

Enviamos uma pergunta para eles e recebemos uma resposta depois de 6 horas. O e-mail tinha informações detalhadas e outras perguntas para nos ajudar, caso precisássemos. Em geral, a resposta foi rápida e bastante completa. Mesmo que o PIA não ofereça um serviço de atendimento via chat e você precise esperar algumas horas pela resposta, consideramos o sistema que eles têm no momento como bastante razoável.


Facilidade de uso do PIA: o veredito

  • O site do PIA é muito informativo e funcional
  • Instalar o PIA é rápido e simples
  • O software do PIA pode ser encontrado na barra de tarefas e a navegação é fácil
  • Há 3 opções de assinatura, entre as quais a mais barata é a opção de 1 ano, a U$ 3,33 por mês
  • O PIA oferece muitas opções de pagamento, incluindo várias opções anônimas
  • O atendimento do cliente é rápido e útil, e funciona através de um formulário e e-mail

Rede de servidores do PIA

A rede de servidores de um provedor de VPN determina as suas possibilidades. Você precisa ser capaz de escolher entre servidores em muitos locais se quiser contornar as restrições geográficas, por exemplo, se quiser assistir o que a Netflix americana tem a oferecer estando em outro país. Nesta seção, vamos detalhar quantos servidores e localizações o Private Internet Access oferece. Também vamos explicar por que o PIA decidiu não oferecer endereços de IP dedicados.


Número de servidores e localizações

Quando escrevemos esta análise, o Private Internet Access tinha 3307 servidores em 32 países. Para a maioria dos usuários, é um número bastante satisfatório em muitos locais. O PIA afirma que a empresa está trabalhando continuamente para expandir a rede de servidores, por isso, você pode visitar o site do serviço para ter acesso às últimas novidades.

PIA Servers

Quando escrevemos o artigo, o PIA tinha vários servidores em 32 países:

País Número de locais Número de servidores
África do Sul 1  10
Alemanha 2 79
Austrália 3 195
Áustria 1 17
Bélgica 1 15
Brasil 1 20
Canadá 3 216
Cingapura 1 25
Dinamarca 1 26
Emirados Árabes Unidos 1 10
Espanha 1 14
Estados Unidos 14  1520
Finlândia 1 18
França 1 48
Holanda 1 548
Hong Kong 1 16
Hungria 1 10
Índia 1 10
Irlanda 1 10
Israel 1 8
Itália 1 13
Japão 1 16
Luxemburgo 1 10
México 1 33
Noruega 1 28
Nova Zelândia 1 16
Polônia 1 10
Reino Unido 3 188
República Checa 1 17
Romênia 1 28
Suécia 1 48
Suíça 1 84

Endereço de IP dedicado

O Private Internet Access não oferece endereços de IP dedicados. Eles querem oferecer o máximo possível de anonimato o tempo todo aos seus usuários, e é por isso que todos os endereços de IP são compartilhados. Desta forma, a sua privacidade está mais protegida online. O PIA vê os endereços de IP dedicados como uma simples conexão de internet desprotegida, e por isso, não vê necessidade de oferecer este serviço. Eles realmente colocam o anonimato em primeiro lugar.


Rede de servidores do PIA: o veredito

  • No momento, o PIA tem 3307 servidores em 32 países
  • Eles têm 14 servidores em várias cidades dos EUA
  • O PIA não oferece endereços de IP dedicados

Possibilidades do PIA

A maioria dos usuários valoriza um VPN que os ajuda a permanecer seguros e anônimos, mas um VPN também nos dá mais liberdade para usar a internet. Por exemplo, você pode acessar a Netflix de países diferentes, o que significa que pode assistir a uma seleção maior de séries e filmes. Baixar torrents também é muito mais seguro com um VPN. Iremos discutir essas possibilidades nesta seção.


PIA e Netflix

Netflix App IconAssistir à Netflix (estrangeira) é um assunto popular no mundo dos VPNs. A Netflix está lutando bastante contra os VPNs, e bloqueia todos os endereços de IP que identifica como sendo de um provedor de VPN. Para muitos provedores, isso dificulta o uso da Netflix com a conexão de VPN que eles oferecem. O PIA faz todo o possível para continuar disponibilizando este serviço para você.

Quando executamos o nosso teste, conseguimos acessar a Netflix americana de qualquer lugar, usando um servidor de VPN em Nova York. O PIA nos informou que a Netflix funciona com os servidores americanos, canadenses e britânicos deles. Isso sugere que eles estão trabalhando duro para continuar a oferecer o serviço. De qualquer forma, é possível assistir à Netflix americana de outros países usando o PIA.


PIA e torrents

É possível baixar arquivos via P2P usando os servidores do Private Internet Access. Baixar torrents é fácil e rápido. Você nem vai perceber que está usando um VPN, apesar de estar protegido e baixando de forma anônima.


Possibilidades do PIA: o veredito

  • Você pode assistir à Netflix americana, canadense e britânica com o PIA
  • Baixar torrents com o PIA é fácil, rápido e seguro

Entrevista com o PIA

Tivemos a oportunidade de fazer algumas perguntas às pessoas por trás do Private Internet Access. Conversamos sobre a segurança e a privacidade do serviço e sobre como eles administram seus servidores. Veja as nossas perguntas e as respostas que o PIA nos deu (em uma versão levemente condensada).

1. Vocês mantém logs que permitem a vinculação de um endereço de IP a um usuário?

“Não, nós não armazenamos nenhum log.”

2. Vocês poderiam nos contar um pouco mais sobre as leis de retenção de dados que vocês precisam cumprir?

“No momento, não há nenhuma lei nos EUA que obrigue os provedores de VPN a armazenar dados.”

3. Que ferramentas vocês usam para monitorar e combater o uso impróprio dos serviços que oferecem?

“Nós não monitoramos ou registramos as atividades dos nossos usuários. Às vezes, isso pode levar a problemas quando os nossos servidores são usados de forma errada, porque não podemos identificar o usuário que está desrespeitando as regras. Nós divulgamos em detalhes o que é e o que não é permitido nos nossos termos de uso. Ocasionalmente, um cliente entra em contato conosco porque precisa de ajuda para violar as nossas regras tecnicamente, por exemplo, quando querem hackear, phreakear (hackear com uso de telefonia) ou executar qualquer atividade ilegal. Nós sempre cancelamos essas contas.”

4. O que acontece quando vocês recebem um aviso de remoção do DMCA (lei americana de proteção dos direitos autorais), ou do equivalente europeu?

“O nosso departamento jurídico lida com avisos de remoção do DMCA. No entanto, é impossível vincular qualquer informação a um usuário, já que não guardamos nenhum log.”

5. Que passos são tomados se vocês receberem uma ordem judicial para rastrear um usuário específico? Isso já aconteceu alguma vez? Vocês conseguiriam identificar um usuário nesse caso?

“O departamento jurídico também lida com ordens judiciais. Mas como não mantemos nenhum log, não podemos repassar nenhum dado.”

6. BitTorrents e tráfego de outros serviços de troca de arquivos é permitido em todos os seus servidores?

“Sim, o uso de torrents é permitido em todos os nossos servidores, mesmo que baixar e compartilhar materiais ilegais não seja permitido por lei. De tempos em tempos, algumas operadoras bloqueiam os portais usados para baixar torrents. É por isso que temos alguns servidores que permitem o redirecionamento de portas, para que possamos contornar esses bloqueios.”

7. Vocês tem os seus próprios servidores de DNS?

“Sim, nós temos. Eles impedem possíveis vazamentos de DNS. Nossos aplicativos usam esses servidores de DNS automaticamente.”

8. Vocês tem controle físico de todos os seus servidores?

“Atualmente, temos 3467 servidores em mais de 30 países. É por isso que somos obrigados a usar um número de data centers e fornecedores externos, e todos estão vinculados a contratos rígidos que estão de acordo com os valores do Private Internet Access. Também monitoramos continuamente o status e as leis dos países em que nossos servidores estão. Se há mudanças nas leis, nós determinamos se os “custos e benefícios” ainda correspondem às nossas exigências. Em alguns casos, essas mudanças fazem com que tenhamos que suspender nossos serviços em certos países (como na Rússia, em 2016).”


Conclusão – Nossa experiência com o PIA

Prós Contras
Segurança sólida Não há atendimento via chat
Nada de logs O painel fica na barra de tarefas
Foco na privacidade
Muitos servidores
Servidores rápidos
Relativamente barato
Netflix dos EUA funciona
Software e site simples e funcional

O Private Internet Access é um dos maiores provedores de VPN da atualidade. Ele é conhecido pelo foco na segurança e privacidade por uma boa razão: a política contra o armazenamento de logs é sólida, e eles se mantêm informados sobre as mudanças que possam afetar a privacidade dos seus usuários. Além disso, a empresa oferece uma grande seleção de servidores em vários locais, com conexões estáveis e rápidas. A Netflix americana e outros serviços de streaming também parecem funcionar corretamente.

Além de tudo isso, o PIA tem um preço muito razoável quando você assina o serviço por mais tempo. Isso, combinado a um software simples e clean, nos permite recomendar o PIA com entusiasmo se você estiver procurando por um serviço de VPN de qualidade. As únicas possíveis desvantagens são a falta de atendimento via chat ao vivo, e o desaparecimento do painel quando o usuário clica em outra área da tela. Essas são pequenas desvantagens, que alguns podem até considerar vantagens. Para concluir, o PIA é um serviço de VPN muito confiável, rápido e de qualidade.

Opiniões pessoais dos
especialistas do VPNOverview.com

Nossa pontuação
8.5
O PIA é totalmente focado em privacidade e segurança. Servidores rápidos, conexões estáveis, preços acessíveis!
Visite o site do PIA
Comentários
Envie um comentário
Envie um comentário

Visite PIA