Acessando o WhatsApp do exterior: Como contornar as restrições

Accedere a WhatsApp
Clique aqui para ler o resumo deste artigo
Como contornar as restrições do WhatsApp: breve resumo

Em certos países, serviços de VoIP como o WhatsApp são bloqueados. Qual é a melhor forma de contornar estas restrições durante os feriados ou suas férias no exterior? A melhor forma de contornar as restrições a serviços de VoIP é utilizando uma VPN. Os programas de VPN permitem que você redirecione o seu tráfego de internet através de um servidor VPN em outro país. O processo é o seguinte:

  1. Assine uma boa VPN e crie uma conta.
  2. Baixe o software da VPN no seu dispositivo.
  3. Faça login no software da VPN.
  4. Escolha um servidor VPN em um país onde o WhatsApp não esteja bloqueado.
  5. Agora você já pode conversar pelo WhatsApp. Além do WhatsApp, você também pode acessar outros serviços que podem estar bloqueados no seu país, como o Skype.

Quer começar a usar uma VPN para contornar as restrições ao WhatsApp? Nós recomendamos a ExpressVPN. Esta VPN possui vários recursos, oferece um serviço rápido e seguro, além de contar com uma vasta rede de servidores por todo o mundo.

Para mais informações sobre por que o WhatsApp é bloqueado, como as VPNs funcionam e dicas sobre como contornar as restrições ao WhatsApp, leia nosso artigo completo abaixo.

O aclamado serviço de mensagens WhatsApp permite que seus usuários troquem mensagens de texto, videochamadas e arquivos com segurança. Em uma época em que a violação de dados são comuns, o WhatsApp atrai muitas pessoas. Infelizmente, o WhatsApp é proibido na China, nos Emirados Árabes Unidos e possui restrições em vários outros países. No entanto, é possível acessar o WhatsApp nesses países. Aqui você encontrará uma visão geral das restrições do WhatsApp no ​​exterior e como contorná-las.

Quais países limitam o WhatsApp e por quê?

A China baniu totalmente o WhatsApp nos últimos anos. Em julho de 2017, o governo chinês começou a bloquear muitas funções do WhatsApp. Isso inclui o compartilhamento de arquivos, conversas de vídeo e voz. A China suspendeu o bloqueio algumas semanas depois. Mas em setembro de 2017, o governo bloqueou todos os recursos do aplicativo. A proibição continua em vigor, apesar das preocupações de que isso atrapalhe os negócios chineses.

Embora a proibição do WhatsApp na China seja bem conhecida, outros países também restringem o uso do aplicativo. O Catar e os Emirados Árabes Unidos baniram o WhatsApp, assim como o Snapchat e o FaceTime. A Arábia Saudita já limitou alguns recursos do WhatsApp no ​​passado, principalmente as chamadas de voz, mas suspendeu a proibição em 2016. Outros países também suspenderam temporariamente o uso do WhatsApp, como o Brasil, Uganda, Zimbábue, Egito e Marrocos.

Por que os países banem o WhatsApp?

Whatsapp Logo

Vale a pena descobrir por que alguns países baniram temporariamente ou suspenderam o uso do WhatsApp. Os cidadãos brasileiros costumavam desfrutar de mais liberdade online. O país até adotou uma constituição de internet apoiando a neutralidade da rede em 2014. Mas em 2015 e 2016, o governo bloqueou o WhatsApp duas vezes. Isso ocorreu porque o governo teve uma disputa com o dono do WhatsApp, o Facebook, sobre a entrega de dados para investigar crimes cibernéticos. Desde então, o governo brasileiro aprovou mais leis para combater o crime cibernético. Mas essas leis também limitam a liberdade de muitos brasileiros na Internet.

A Turquia bloqueou o WhatsApp em novembro de 2016, após a prisão de membros do People’s Democracy Party (PDP), apoiados pelos curdos. O governo turco tem recorrido cada vez mais à censura na Internet. Em grande parte, isso é para evitar a cobertura da mídia de certos eventos políticos. Eles afirmam que essas ações são para evitar distúrbios civis. No entanto, eles restringem muito a liberdade dos cidadãos turcos na Internet.

A Arábia Saudita proibiu as chamadas de voz no WhatsApp, Skype e outros serviços de VoIP (Voice over Internet Protocol) antes de 2017. Isso dificultou a comunicação dos residentes sauditas com o mundo exterior. O objetivo era restringir o fluxo de ideias e informações estrangeiras para o país. O reino suspendeu essa proibição em 2017 para promover o crescimento comercial e econômico. A ideia de que serviços como WhatsApp e Skype devem ser restringidos para se defender de influências negativas é compartilhada pela China.

Em alguns países, os bloqueios e restrições aos serviços de VoIP são implementados como forma de protecionismo por parte das empresas de telecomunicações. A capacidade do Skype de oferecer chamadas de voz e vídeo de forma gratuita para todo o mundo tem um impacto negativo na receita gerada pelos serviços oferecidos pelas próprias empresas de telecom. Por isso, eles bloqueiam o uso do WhatsApp e plataformas semelhantes.

Restrições do WhatsApp e o Grande Firewall da China

A proibição do WhatsApp na China está relacionada às tentativas do país de censurar a comunicação livre e aberta. O programa de censura da Internet na China, conhecido como o grande firewall da China, é um dos mais restritivos do mundo. O governo projetou o Firewall para bloquear informações que ameacem seus princípios comunistas. Ele também funciona para limitar a disseminação de ideias estrangeiras e ocidentais dentro do país.

O WhatsApp é uma preocupação particular do governo chinês, pois possui recursos avançados de criptografia. A tecnologia de criptografia impede que terceiros vejam conversas e mensagens enviadas pelo WhatsApp. Como resultado, o governo teme que os cidadãos chineses troquem conteúdo anticomunista pelo WhatsApp. É por isso que o aplicativo foi restringido, juntamente com vários outros sites.

A China possui outros serviços de mensagens, como o WeChat, que é semelhante ao WhatsApp, mas sem os recursos de criptografia. Não é novidade que serviços como o WeChat são frequentemente monitorados pelo governo. Além disso, o WeChat fornece informações ao governo chinês quando solicitado. Essa prática demonstra que o governo desconfia profundamente da comunicação privada. Como resultado, a China aplica uma censura pesada aos seus cidadãos.

Como contornar estas restrições

É importante entender como os governos limitam o WhatsApp para conseguir contornar essas restrições. Quando um governo decide bloquear o WhatsApp, ele notifica todos os provedores de serviços de Internet (ISPs) do país. Os ISPs são obrigados a bloquear as conexões de seus usuários ao app para que não possa mais ser acessado. Como todos os ISPs cumprir estas solicitações, o aplicativo é bloqueado em todas as conexões de internet no país.

Apesar dessas proibições no WhatsApp, você pode acessar o serviço usando uma rede privada virtual (VPN). Você também pode usar as VPNs para acessar conteúdo banido da web. A VPN criptografa seus dados e os transmite através de um servidor proxy, que atribui um endereço de IP diferente para você. Este processo oculta seu endereço IP e a localização real e envia seus dados através de outro país. Dessa forma, os cidadãos chineses podem contornar o bloqueio do WhatsApp.

Boas opções de VPN para desbloquear o WhatsApp

Para acessar o WhatsApp em países que limitam seu uso, primeiro você precisa se conectar a um serviço de VPN. Assim, você poderá contornar as restrições e usar todos os recursos do aplicativo. Ao mesmo tempo, nem todas as VPNs são confiáveis. Você precisa encontrar um serviço de VPN com recursos de segurança avançados, uma grande rede de servidores e conexão rápida. Aqui estão algumas opções de VPNs excelentes para desbloquear o WhatsApp.

Acesse o WhatsApp com a ExpressVPN

A ExpressVPN é classificada como a melhor VPN atualmente em termos de velocidade, confiabilidade e segurança Ela permite que você se conecte a uma rede de mais de 3.000 servidores em mais de 90 países. Isso significa que você pode contornar os bloqueios de WhatsApp em muitos países, incluindo a China. Na verdade, a ExpressVPN é uma das melhores VPNs que você pode usar ao visitar a China.

Existem vários recursos diferentes de segurança na ExpressVPN para manter você seguro enquanto usa o WhatsApp. Recursos como a criptografia de 256 bits para proteger seus dados, proteção contra vazamento de DNS e kill switch ajudam a impedir que seus dados sejam transmitidos por uma conexão desprotegida. Há outros recursos também, como o verificador de IP e a política anti-registro, para proteger ainda mais seus dados privados.

Este serviço também se destaca pela alta velocidade, permitindo o envio de textos, mensagens e chamadas de voz pelo WhatsApp sem travar. A navegação e instalação também são muito fáceis, o que torna essa VPN uma boa opção para iniciantes no mundo das VPNs, mas também é ótima para usuários mais experientes.

ExpressVPN
Nossa escolha
Nossa escolha
Promoção:
3 meses de graça na opção de assinatura anual
De
$6.67
9.5
  • VPN rápida e simples
  • Perfeita para navegar, baixar arquivos e fazer streaming (ex. Netflix) de forma anônima
  • Mais de 3000 servidores em 94 países
Visite ExpressVPN

Acesse o WhatsApp com a NordVPN

A NordVPN é muito segura e rápida. Sua política anti-registro e a ampla rede de servidores tornam este provedor muito atraente e com um preço justo. Além disso, esta VPN é perfeita para ficar completamente anônimo online. A NordVPN oferece vários recursos extras para melhorar sua segurança online, o que o torna o provedor de VPN premium mais seguro.

NordVPN
Promoção:
Apenas $3,71 por mês para uma assinatura de 2 anos
De
$3.71
9.3
  • Proteção excelente e uma grande rede de servidores
  • Aplicativo bonito e agradável
  • Não mantém registros
Visite NordVPN

Usando VPNs na China

Independentemente da opção escolhida, se você estiver viajando para a China, existem outros fatores a serem considerados. Se você planeja usar uma VPN na China, lembre-se de escolher seu provedor com cuidado e fazer o download da VPN antes de sair de casa. Isso porque a China também proíbe os serviços VPN. Seguindo essas etapas, você não terá problemas para usar o WhatsApp na China.

Conclusão

Muitos países restringem serviços como o WhatsApp por vários motivos. Alguns países, como a China, se preocupam com o fato de as pessoas enviarem mensagens antigovernamentais. Ou se preocupam em manter as más influências longe de seus cidadãos. As proibições temporárias do WhatsApp costumam acontecer durante períodos de distúrbios ou protestos antigovernamentais. Muitas vezes, os países recorrem à censura para reduzir esses distúrbios ou protestos. De qualquer forma, a prática dos governos de restringir a liberdade de seus cidadãos é uma prática bastante controversa.

A boa notícia é que, apesar das restrições governamentais, os cidadãos e visitantes ainda podem acessar o WhatsApp. Se você assinar uma VPN de um provedor confiável, terá tudo que precisa para usar o WhatsApp no ​​exterior. Isso também se aplica a outros aplicativos, como o TikTok e o Facebook. Contanto que você configure a VPN antes de sair de casa, é possível contornar as restrições em qualquer país.

Como contornar as restrições do WhatsApp: Perguntas frequentes

Você quer saber mais sobre como contornar as restrições do WhatsApp quando estiver viajando? Abaixo você encontra uma lista com as perguntas mais frequentes. Clique na pergunta para ler sua resposta!

A maioria dos bloqueios e restrições aos serviços de VoIP ocorrem como uma forma de protecionismo por parte de empresas de telecomunicações. A capacidade do Skype de oferecer chamadas de voz gratuitas em todo o mundo tem um impacto potencialmente negativo na receita gerada pelos próprios serviços das empresas de telecomunicações. Por isso, eles bloqueiam o uso do WhatsApp e plataformas semelhantes. Outro motivo para bloquear o WhatsApp é a censura governamental.

Você pode usar uma conexão de VPN para fazer o WhatsApp funcionar novamente. Assim que estiver conectado a um servidor de outro país, você também ganhará a liberdade desse país. Você receberá um endereço IP correspondente e, a partir desse momento, estará digitalmente localizado nesse outro país. Se você estiver conectado a um servidor de um país onde é permitido o uso do WhatsApp, você também terá acesso a este serviço.

A ExpressVPN é classificada como a melhor VPN atualmente em termos de velocidade, confiabilidade e segurança Ela permite que você se conecte a uma rede de mais de 3.000 servidores em mais de 90 países. Você pode contornar os bloqueios do WhatsApp em muitos países. Existem vários recursos diferentes de segurança na ExpressVPN para manter você seguro enquanto usa o WhatsApp.

Jornalista tecnológica
Ronella está sempre pensando em formas de tornar nossa sociedade digital o mais segura possível. Grandes avanços tecnológicos também significam enfrentar novos desafios e perigos relacionados à segurança. Por isso, Ronella quer aumentar a conscientização sobre segurança cibernética e chamar atenção das pessoas para os riscos e armadilhas encontradas na internet.