Browse internet anonymously

Como navegar anônimo pela internet

Última modificação: 6 December 2019
Tempo de leitura: 14 minutos, 9 segundos

Muitas das suas ações na internet não são privadas como você pensa. Hoje em dia, muitos grupos tentam seguir nosso comportamento online o máximo possível. Nossos ISPs, os administradores de nossas redes, nossos navegadores, ferramentas de busca, os aplicativos que instalamos, plataformas de mídias sociais, autoridades, hackers e até os sites que visitamos, todos sabem – até certo ponto – o que estamos fazendo online. Se você não quer que seu parceiro descubra aquele presente especial de aniversário que você comprou, utilizar o modo de navegação anônima é suficiente. No entanto, se você não quer que ninguém saiba o que você faz online, um simples modo de navegação anônima não basta.

Você quer navegar, transmitir e baixar de forma anônima? Existem algumas formas de proteger sua privacidade online. Neste artigo, nós apresentaremos alguns métodos e dicas que você pode usar para permanecer anônimo online. Nós contaremos tudo sobre a eficiência das VPNs, servidores proxy e o Tor, que são ferramentas que ajudam você a se manter fora do radar.

Dica n° 1: Navegação anônima e segura com uma VPN

VPN shield

Usar uma VPN (Virtual Private Network / Rede Virtual Privada) é uma forma indicada para navegação anônima na internet. Quando se está conectado à um servidor VPN, sua conexão é segura. O software garante que todo o seu tráfego online seja criptografado, utilizando protocolos especiais, para que estes dados não possam ser lidos por outras pessoas.

Além disso, seu endereço de IP permanece oculto, porque você utiliza automaticamente o IP do servidor VPN utilizado. O endereço de IP é a identificação numérica da sua conexão com a internet e pode revelar sua localização e até mesmo sua identidade. A VPN oculta este endereço de IP atrás de um de seus próprios IPs. Desta forma, os websites que você visitar não terão acesso ao seu endereço de IP verdadeiro e não poderão identificá-lo.

Muitas operadoras de VPN não registram suas atividades enquanto você usa seus serviços. Este é o produto que eles vendem a você: navegação anônima. Estas operadoras oferecem anonimato garantido a seus usuários com suas conexões VPN seguras e protegidas.

 

túnel VPN criptografado

Combinando um IP mascarado e uma conexão segura garante aos usuários das VPNs que suas ações online não podem ser rastreadas por ninguém. No entanto, nem todas as operadoras de VPN são tão estritas em relação a esta promessa. Se você quiser tornar sua conexão de internet anônima, é importante procurar uma boa e confiável operadora de VPN com políticas de “sem registros”. Uma política de “sem registros” garante que a operadora de VPN não registra nenhuma das suas atividades online. Desta forma, nem mesmo as autoridades pode obrigar uma operadora a fornecer esta informação, porque ela simplesmente não existe. Na maioria das vezes, é bom buscar uma VPN premium, uma vez que seus dados privados nem sempre estão seguros nas mãos de uma operadora de VPN gratuita.

ExpressVPN: Uma Gigante Confiável

Um bom exemplo de uma operadora de VPN confiável é a ExpressVPN. A ExpressVPN possui uma grande quantidade de servidores por todo o mundo e oferece boas opções de segurança. Se você assinar seus serviços, você ganha acesso ao software que protege todos os seus dispositivos e funciona com Windows, Mac, Android e iOS. Você pode se conectar à internet simultaneamente com até cinco dispositivos com apenas uma assinatura. A ExpressVPN é muito indicada para quem deseja navegar, transmitir e baixar com total anonimato.

A ExpressVPN é muito intuitiva. Após inscrever-se, você poderá instalar o aplicativo e conectar-se a um servidor VPN seguro com apenas alguns cliques. O aplicativo será executado em segundo plano no seu dispositivo, enquanto você navega e transmite normalmente, mas de forma segura e anônima. Para saber mais sobre esta operadora, leia nossa avaliação completa sobre a ExpressVPN.

ExpressVPN
Nossa escolha
Nossa escolha
Promoção:
3 meses de graça na opção de assinatura anual
9.5
  • VPN rápido e simples
  • Perfeito para navegar, baixar arquivos e fazer streaming (ex. Netflix) de forma anônima
  • Mais de 3000 servidores em 94 países
Visite ExpressVPN

CyberGhost: Uma VPN intuitiva

Na segunda posição, temos a CyberGhost. A CyberGhost é uma operadora intuitiva que ajuda você a navegar de forma anônima. Eles possuem um grande número de servidores por todo o mundo, tornando muito fácil encontrar um servidor que atenda às suas necessidades. Os servidores garantem sua navegação na internet sem nenhuma restrição. Você pode até usar a Netflix e baixar torrents livremente com o CyberGhost. O aplicativo CyberGhost é muito fácil de usar, mas caso tenha alguma dificuldade, a CyberGhost também conta com um incrível atendimento ao cliente para ajudá-lo.

Caso haja algum HTTPS alternativo para o website HTTP que você está tentando acessar, a CyberGhost garantirá que você seja direcionado automaticamente para a versão segura do site. Desta forma, você poderá navegar anônimo e em segurança o tempo todo. Leia nossa avaliação detalhada da CyberGhost para saber mais sobre esta VPN.

CyberGhost
Promoção:
Segurança online por apenas $2,75 por mês
9.3
  • Muito fácil de usar
  • Alta qualidade por um preço baixo
  • Transferência de torrents permitida
Visite CyberGhost

Dica n° 2: Use o navegador certo

É recomendado que volte ao básico e certifique-se de que o ajuda a proteger seu anonimato. Mas qual navegador seria o melhor, neste caso? Os diferentes navegadores comumente utilizados tratam da privacidade do usuário de formas bem diversas. Eles também possuem níveis de segurança bem diferentes. Nesta seção falaremos sobre as várias opções dos principais navegadores.

Fique longe do Microsoft Internet Explorer e Edge

Microsoft Edge Logo

Quando se trata de privacidade e segurança online, recomendamos que não use os navegadores da Microsoft (Internet Explorer e Edge). O Internet Explorer não conta mais com atualizações, o que torna o navegador muito vulnerável, expondo seus usuários a vários riscos, incluindo muitas formas de cibercrime. O Microsoft Edge é o sucessor oficial do Internet Explorer e recebe atualizações de segurança. Mesmo assim, o nível de privacidade deste navegador está longe do ideal. Ele não possui proteção contra rastreamento, oferecido por outros navegadores. Por este motivo, entre outros em que a Microsoft deixa a desejar em termos de privacidade, recomendamos que você fique longe do Internet Explorer e do Edge se o seu foco for proteger sua privacidade.

O Google Chrome: Não use o Google se quiser privacidade

Google Chrome Logo

O Chrome suporta vários bloqueadores de pop-up e outras extensões relacionadas a privacidade. Mesmo assim, o Chrome é propriedade do Google, o que não é bom para sua privacidade. O Google lucra captando o máximo de dados possível de seus usuários. Estes dados são usados para exibir propagandas personalizadas e melhorar a ferramenta de busca do Google. Muitas pessoas criticam o Google pela forma com que tratam a privacidade das pessoas. Por exemplo, questiona-se porque os usuários do Chrome geralmente são logados automaticamente em suas contas Google ou Gmail. Desta forma, o Google pode rastrear toda a sua atividade de navegação e conectá-la a você como pessoa. Esta informação é então sincronizada com todos os seus dispositivos. Você usa um smartphone com Android e aplicativos como o Google Maps? Então, automaticamente o Google sabe ainda mais sobre você. Se você valoriza sua privacidade, o Chrome não é a melhor escolha.

O Safari da Apple tem um bom desempenho

Apple Safari Logo

Atualmente, o Safari da Apple vai muito bem se tratando de termos de privacidade. O navegador agora conta com novos recursos que evitam impressões digitais, tornando muito mais difícil para outros grupos seguirem seus passos online. Ele também conta com Prevenção Inteligente de Rastreamento. Este recurso exclui automaticamente os cookies de rastreamento inseridos pelos sites no Safari após 7 dias. Devido a este sistema, os websites podem rastrear seus visitantes por um período de tempo muito mais curto. Além disso, o Safari oferece algumas extensões bem úteis que otimizam sua privacidade online. Voltaremos a falar disso mais tarde.

Mozilla Firefox: o melhor e mais conhecido navegador para quem deseja privacidade

Firefox Logo

Se você nos perguntar, o Mozilla Firefox é o melhor navegador entre os “comuns” para os usuários que valorizam sua privacidade. Para começar, o Firefox possui diversos recursos de segurança, como proteção contra phishing e malware. Além disso, os usuários do Firefox recebem automaticamente um alerta quando um site tenta instalar extensões. Se tratando de privacidade, o Firefox é uma opção muito segura porque oferece extensões muito úteis que protegem seus usuários contra todos os tipos de rastreamento e violações de privacidade. Essas extensões são, na maioria das vezes, especificamente para o Firefox.

Ao contrário da maioria dos navegadores, o Firefox possui código-fonte aberto. Isso significa que qualquer um tem acesso ao código-fonte que constitui o software do Firefox. Pela forma transparente de operar, o Mozilla não poderia simplesmente integrar recursos de rastreamento, mesmo que quisesse. Alguém notaria e se tornaria um escândalo, o que seria péssimo para a reputação do Mozilla.

Tor The Onion Router Logo

Se navegação anônima é o que você realmente deseja, o navegador Tor pode ser uma opção interessante. Tor (The Onion Router) é uma rede online para comunicação anônima e criptografada. O Tor opera basicamente da mesma forma que outros navegadores, como o Firefox, Safari e Chrome. No entanto, diferente dos outros navegadores, o Tor permite que você navegue totalmente anônimo. A rede Tor consiste em milhares de servidores por todo o mundo. Todo o tráfego de dados que passa por ela é separado em pequenos pedaços que são posteriormente criptografados e enviados para vários servidores antes de chegar a seu destino. Este processo leva tempo, por isso, o software Tor pode ser relativamente lento. Mas não importa o quão lento ele é, ele garante que ninguém possa ver o que você faz online.

Girl retrieving an internet file through Tor Nodes

Um comentário importante sobre o uso do Tor é que ele criptografa apenas parte do que você faz online. Apenas o tráfego da internet que passa pelo navegador é protegido. Serviços como Skype e WhatsApp acessam a internet sem o uso de um navegador. O Tor não pode te proteger nestes casos.

Outra coisa que vale a pena mencionar é que o Tor oferece aos seus usuários acesso à dark web. A navegação pela dark web deve ser feita sempre com muita cautela. Esta parte “dark/obscura” da internet não é regulamentada, o que significa que há muitos riscos à sua segurança. Por exemplo, é muito fácil encontrar um malware lá. Portanto, para a maioria de nós, usar uma VPN juntamente com o Firefox é uma alternativa melhor, mais fácil e mais segura.

Dica n° 3: Navegação anônima com um proxy

O uso de um servidor proxy também oferece anonimato online. Ao utilizar um proxy, você envia uma solicitação de informação para este servidor proxy, que então envia para o website certo. O website só poderá ver o endereço IP do servidor proxy, não o seu. O proxy não possui o mesmo nível de criptografia que uma VPN. Embora o website que você está visitando não possa ver diretamente quem você é, seu endereço de IP e tráfego online ainda são muito fáceis de desvendar do que se você estivesse usando uma VPN. Outros grupos ainda poderão ver o que você está fazendo. A única coisa evita que eles descubram sua identidade é o IP do proxy. Isso tudo porque os proxies não protegem sua conexão.

Person connecting to the internet through a Proxy Server

Os servidores proxy são geralmente vistos como alternativas gratuitas e mais leves que as VPNs. Eles podem atender às suas necessidades, mas tenha em mente que não possuem os mesmos padrões de segurança de uma VPN.

Dica n° 4: Use uma ferramenta de busca anônima

DuckDuckGo

Também temos a opção de usar uma ferramenta de busca anônima. DuckDuckGo é, provavelmente, a ferramenta de busca anônima mais conhecida. Ferramentas de buscas anônimas, como a DuckDuckGo, são alternativas para o Google, Bing, Yahoo e outras ferramentas de busca que gostam de coletar e usar seus dados. Quando você usa a DuckDuckGo, os termos da sua busca e os links que você clicar não serão rastreados. Além disso, os websites que você visitar não poderão ver os termos que você usou em sua busca. No entanto, eles ainda saberão que você visitou suas páginas. Este registro acontece através do seu endereço de IP. Com a DuckDuckGo você poderá fazer buscas na internet com muito mais anonimato do que com as ferramentas de busca comuns, mas ela não oferece total anonimato e privacidade.

A DuckDuckGo não tem o mesmo orçamento e força de trabalho que as grandes empresas, como o Google. Isso significa que o resultado das buscas apresentadas não será tão otimizado. No entanto, alguns dizem que, na verdade, isso é uma coisa boa para aqueles cujo foco é a privacidade. Ainda assim, a DuckDuckGo mostra os mesmos resultados para todos que inserem as mesmas palavras chave. O Google, pelo contrário, ajusta os resultados ao seu perfil de usuário. A imprecisão da DuckDuckGo, consequentemente, é uma prova de que eles realmente cumprem a promessa de anonimato. Recomendamos que você use a DuckDuckGo e ver se atende às suas necessidades.

A segunda ferramenta de busca anônima é a Startpage. A startpage é um sistema de busca com foco em privacidade que retira seus resultados do Google, mas não usa rastreamento. Também recomendamos que você experimente esta ferramenta.

Dica n° 5: Minimize o rastreamento com as extensões certas no navegador

Existem muitas extensões para navegador por aí que ajudam a aumentar sua segurança e privacidade online. Estas extensões geralmente são fáceis de instalar e usar. Além de um bloqueador de anúncios, um gerenciador de senhas e uma extensão de navegador VPN, você também pode tentar add-ons e extensões específicas que minimizam o rastreamento.

Privacy Badger e Ghostery

0 Privacy Badger and Ghostery são extensões para navegador que detectam e bloqueiam cookies de rastreamento de terceiros que são colocados no seu computador enquanto você navega. Bloquear estes cookies evita que você seja rastreado online. Você instalou o Privacy Badger e o Ghostery e visitou uma página na web que tenta instalar cookies de rastreamento? É aí que estas extensões entram em ação. Bom para você, péssimo para os marketeiros online e muito bom para sua privacidade.

Dica n° 6: Tenha cuidado com o Facebook e Google

O Facebook é conhecido por compartilhar as informações pessoas de seus usuários com publicitários. É por isso que, geralmente, aparecem anúncios com produtos de higiene feminina para mulheres e não para homens. No entanto, o Facebook leva essa prática muito além: eles também rastreiam o que você faz mesmo quando não está no site. Se você procurou por seguro para o seu carro online, é muito provável que você veja um anúncio relacionado no feed do seu Facebook. O Facebook permite que você faça uma pequena alteração nisso nas definições de privacidade da sua conta. Após alterar estas configurações, eles podem parar de exibir anúncios selecionados, mas você ainda verá anúncios. Além disso, eles continuarão reunindo informações sobre você. Não é possível desativar o rastreamento a partir dos serviços. Você só conseguirá alterar um pouco o que aparece no seu feed de notícias.

O Google também permite que você desative os anúncios personalizados. Isso também não significa que todos os anúncios desaparecerão, nem que o Google vá parar de rastrear seu tráfego de dados. A princípio, você pode dizer que essas empresas baseadas em receita de anúncios não irão parar de nos rastrear, a menos que tornemos isso impossível através de uma conexão VPN.

Considerações finais

Existem várias medidas que você pode adotar para proteger sua privacidade e segurança online. Você quer navegar anônimo pela internet? Essas são as nossas dicas para você:

  • Use os navegadores Mozilla Firefox ou Tor
  • Use uma VPN
  • Use uma ferramenta de busca anônima
  • Minimize o rastreamento com as extensões certas no navegador

Combinando essas dicas sua privacidade online estará mais assegurada. Você poderá navegar totalmente anônimo pela internet. Usar um proxy também é uma opção, mas se torna desnecessário se já estiver usando uma VPN (uma alternativa muito melhor).

Autor principal:

Mais artigos da ‘Navegação anônima’ seção

Comentários
Envie um comentário
Envie um comentário